an-gustia
Não podereis negar vossa admiração e vosso amor ao seu espírito e ao seu caráter, nem esconder vossas lágrimas ao seu destino.
an-gustia
+
"Por mais que todas as terapias do mundo, todas as auto-ajudas do universo e todos os amigos experientes do planeta me digam que preciso definitivamente não precisar de você, minha alma grita aqui dentro que, por mais feliz que eu seja, a festa é sempre pela metade."
Tati Bernardi.   (via inverbos)
+
"Porque eu sou fiel aos meus sentimentos. Vou estar com você quando eu realmente quiser estar. Vou te ligar quando eu quiser falar com você. Porque eu não passo vontade. E nem vou passar vontade de você. Não vou fazer joguinho. Eu me entrego mesmo. Assim. Na lata."
Caio Fernando Abreu, (via inverbos)
+
"A lagarta se esqueceu de virar borboleta, a cigarra resolveu juntar comida pro inverno, o coelho desistiu de protestar contra sua figura na páscoa, as folhas resolveram cair no inverno, as flores a desabrochar no verão, o brigadeiro resolveu ficar amargo, o beijinho resolveu virar abraço, o cravo fez as pazes com a rosa, a ciranda não quer mais cirandar, o amor resolveu descansar, as rosas decidiram que querem ser chamadas de azuis, a AIDS resolveu dar uma trégua, o sexo virou desprazer, o chá quis virar café, o café revoltado, evaporou e sumiu, a música começou a se compor sozinha, o orvalho secou e morreu, risada virou carnificina, o pão virou raridade, a lágrima virou felicidade. O ser humano? Se esqueceu de viver, não quis mudar, ficou vegetando, na mesma de sempre e explodiu."
Anarquismos.  (via inverbos)
+
+
"Ela foi até a varanda de sua suíte. Debruçou de costas no parapeito de pedra da torre. Ficou por um tempo ali deitada tentando digerir tudo que acontecia na sua vida.
Um casamento arranjado, uma paixão proibida tantas pessoas envolvidas.
Ela não sabia o que fazer, fugir com o seu amor simbolizava abandonar tudo que acreditava.
Deixar seu amor e se casar com seu prometido simbolizava viver na tristeza eterna. Sem um sorriso, sem nenhuma esperança, sem felicidade.
Ela ficou por um tempo ali pensando em se perder ou perder seu único amor.
Ela não sabia o que fazer, ela estava com medo. Mas mesmo assim as estrelas daquele céu tentavam mostrar a ela que ela podia se desligar um pouco de tudo."
A Princesa do Alto da Torre (via edv-diary)
+
"Ele comprou uma rosa, e logo assim que saiu da loja um grupinho de meninas mais novas olhou e fizeram “oun”.
Ele pegou o ônibus e o motorista brincou “Agora sim ela volta pra você! Boa rapaz”.
Ele chegou no trabalho, todo mundo olhou e disse “Ahh garoto! Isso aí! Rosas vermelhas é assim que se faz”. Ele estava envergonhado, mas ele não se escondia ele queria mesmo que todo mundo soubesse que ele esta apaixonado por ela.
Ele chegou na casa dela, colocou a rosa escondida nas costas, ela abriu a porta sorriu. Deu um abraço nele, e começou a falar. Como sempre ela falava demais.
Ainda durante o abraço ela ouviu o barulho do papel da embalagem da rosa, e se afastou. “O que você tem aí atrás hein?” Perguntou ela suspeitando.
Ele trouxe a rosa pra frente e lhe entregou. Surpresa ela sorriu deu-lhe um beijo na bochecha.
Pegou a rosa colocou em um vaso com água em cima da mesa da sala.
Pegou o filme e a pizza eles se jogaram no sofá e assistiram juntos homem de ferro 3.
Durante o filme ela falou “Se você tivesse uma armadura assim, e estivéssemos sendo atacados você iria mandar ela me proteger mesmo que você ficasse sem proteção?”. Ele olhou em seus olhos sorriu e disse “Claro! Você é a única coisa que eu não posso perder nunca na minha vida."
O que importa é que ele me ama, escondidadevc (via edv-diary)
+
"É que as minhas palavras são vazias demais pro seu ego inflado. Engraçado é ouvir você dizer que meus sentimentos são da boca pra fora, logo os meus? Falou o cara que sempre gostou de um harém, que sempre iludiu alguém, aquele que tinha sempre o telefone de uma substituta para fugir de um momento de crise.
Desculpa, mas eu acho que você está me confundindo."
Por que você não vai a merda?  (via edv-diary)
+
"Durante o baile a princesa olhava para o rei e para rainha. Era incrível os pequenos gestos de afeto e carinho que os monarcas apresentavam em público. O rei segurava a mão da rainha com delicadeza, levantou-se e a convidou para dançar. A rainha aceitou e o acompanhou para o meio do salão.
Quem os via ali nem imaginava a confusão da noite anterior. Durante o baile pareciam um casal apaixonado, mas na noite anterior a rainha havia jogado alguns livros no rei dentro da biblioteca.
Eles divergiam de muitas coisas, mas sempre se entenderam no final.
Esse tipo de relação fazia a princesa lembrar de seu amor. Mas diferente do casal real, era muito mais difícil para eles se entenderem no final.
Talvez porque seu amado não acreditasse que eles poderiam se entender, talvez porque para ele sempre foi mais fácil desistir. Ou talvez porque ela não valesse a disputa."
A Princesa do Alto da Torre (via edv-diary)
+
"Ei, só vim avisar que estou desistindo, ok? Acho que assim será melhor, com ou sem você, já não importa mais. Venho vivendo em um permanente e inútil sacrifício, apenas mudarei o foco. Prometo esquecer-te. Aprendi a lembrar de ti a todo momento, agora bastará lembrar de te esquecer. Não vai ser difícil, vou tentar lembrar do muito que te dei e do pouco que recebi, vou lembrar dos sorrisos que desejei enquanto as lágrimas tomavam conta de mim, vou lembrar do quanto te amei e o que isso significou pra você. Bom, será assim. Vou sofrer como antes, mas dessa vez terei amor próprio, cuidarei mais do meu “eu”. Posso ter sido mais uma pra você, mas sou única pra mim."
Caio Fernando Abreu. (via psicografou)
+